Adaptive Charging: a função que pode salvar a tua bateria!

Uma função partilhada por várias marcas criada a pensar na saúde das baterias.
Escrito por António Guimarães e
1 min de leitura
Adaptive Charging: a função que pode salvar a tua bateria!
Photo by Kamil Feczko / Unsplash
Publicidade
Publicidade

Certamente já ouviste os termos Adaptive Charging, Optimized Charging, Adaptive Battery e outros. Trata-se de modos de carregamento de bateria otimizados que visam prolongar a vida útil da mesma. Estes modos são utilizadas pelas várias fabricantes como Samsung, Google, OnePlus e mais.

Antes de falarmos mais sobre o carregamento otimizado, vamos perceber algumas informações sobre baterias.

Porque as baterias pioram com o tempo?

Conforme as baterias envelhecem, vão perdendo capacidade e a sua autonomia terá um impacto negativo. Uma bateria nova terá uma saúde de 100%, significando que a bateria entrega sempre o seu potencial máximo.

O que desgasta a bateria é, naturalmente, o seu ciclo de carga e descarga. Embora seja inevitável, há práticas que podem ajudar. Uma delas é a manter o equipamento carregado entre 20–80%. Isto porque as baterias de lítio não ficam "viciadas" como as de níquel.

Contudo, realisticamente falando, muitos de nós colocamos o equipamento a carregador enquanto dormimos. Significa que a bateria fica num ciclo de 99–100% durante várias horas. Aqui entra o carregamento otimizado.

O que é o carregamento otimizado?

Visto que o recomendado é manter a bateria entre 20–80%, o carregamento otimizado mantém a bateria nos 80% durante a maioria do tempo. Um pouco antes de acordares (conforme o horário que definiste), são carregados os restantes 20%.

Hoje dia, quase todas as fabricantes de telemóveis incluem uma função destas. Normalmente podem ser configuradas manualmente ou mesmo aprendendo os hábitos de utilização de cada um.

Partilhar artigo